Como oferecer o parcelamento de débitos do veículo sem levar prejuízo
Como oferecer o parcelamento de débitos do veículo sem levar prejuízo
14/05/2018
Qual máquina de cartão escolher para o seu despachante?
Qual máquina de cartão escolher para o seu despachante?
04/06/2018

Como cobrar clientes inadimplentes: 7 erros que você não pode cometer

Como cobrar clientes inadimplentes: 7 erros que você não pode cometer

A receita da empresa cai quando um cliente não honra com seus compromissos. No entanto, é preciso saber cobrar clientes inadimplentes e lidar com esse desafio.

Lidar com clientes devedores não é uma situação isolada, nem tampouco um drama que está muito distante da nossa realidade, ainda mais em tempos de crise.

Desse modo, a situação tende a ficar mais complicada, afetando em muitos casos a situação financeira das empresas. Em especial, se quem está à frente destas empresas não está preparado para lidar com esses desafios.

Pensando nisso, vamos explicar como você pode evitar erros graves, porém comuns, que gestores cometem ao cobrar clientes inadimplentes.

De antemão, saiba que a sua abordagem e a estratégia utilizada são fatores decisivos neste momento. Se a cobrança for bem feita você consegue recuperar o valor devido e ainda, conquistar a confiança do seu cliente.

Boas práticas para cobrar clientes inadimplentes

Estabelecer um bom relacionamento com os clientes é essencial para o sucesso de qualquer empresa. E isso não deve ser diferente quando você lida com um devedor.

Por essa razão, é essencial saber como se portar diante de situações de não pagamento. Conheça 7 dos erros que você deve evitar:

Desconhecimento dos clientes e das razões para a inadimplência

Manter um cadastro atualizado dos seus clientes é uma grande questão quando o assunto é evitar a inadimplência. Afinal de contas, ele torna possível você monitorar os hábitos dos seus clientes, conhecer o perfil de cada um e a pontualidade nos pagamentos. Avaliando todo o contexto ficará mais fácil perceber se você está lidando com um caso isolado ou recorrente.

Falta de clareza na negociação

Ao fechar um negócio com seu cliente não deixe dúvidas no contrato firmado. Uma relação transparente e objetiva tende a ser mais respeitada entre as partes envolvidas. Deixe claro as datas e as formas de pagamento, o que atrasos podem acarretar, o valor das multas, as taxas envolvidas e outros detalhes. Lembre-se: toda informação é válida e colabora para que a inadimplência fique longe do seu negócio.

Demonstrar desinteresse em manter o vínculo com seu cliente

Em um ambiente competitivo é sempre válido esperar que um cliente devedor quite as suas dívidas e ainda assim, continue seu cliente. Isso requer que você faça o seu cliente se sentir importante para fortalecer os vínculos deste relacionamento e aumentar as chances de sucesso na sua abordagem. Do contrário, o cliente pode se sentir ofendido, romper a relação com a sua empresa e ainda fazer uma propaganda negativa contra ela.

Não dar abertura para a negociação da dívida

Condições de pagamento abusivas podem se tornar uma bola de neve impagável e isso não ajuda a resolver o problema. Nessas horas, oferecer opções de negociação e parcelamento pode ser uma boa estratégia para cobrar clientes inadimplentes. Apesar de não parecer o ideal, essa atitude vai ao menos permitir que você receba parte do dinheiro de forma rápida e com menos prejuízos ao seu negócio.

Fazer ameaças ou constranger o inadimplente

O Código de Defesa do Consumidor proíbe a exposição do cliente ao ridículo no ato de uma cobrança. Portanto, jamais deixe o devedor constrangido ou haja com agressividade ao cobrar clientes inadimplentes já que o resultado pode ser desastroso. Sendo gentil, cordial e com educação será mais fácil receber dos inadimplentes sem qualquer dano ou maiores prejuízos.

Não orientar a equipe responsável pela cobrança

Dominar o conhecimento na hora de cobrar clientes inadimplentes cabe não somente ao gestor, mas também a toda equipe envolvida nas cobranças. Oriente seu time, patronize a abordagem e treine sua equipe para que ela saiba como abordar um cliente devedor da melhor maneira.

Oferecer parcelamento usando o tradicional “fiado”

Viver à sombra da inadimplência não é uma situação confortável para nenhum empresário. No entanto, alguns fatores podem intensificar esse problema. A forma de pagamento que você usa para receber dos seus clientes é um bom exemplo disso.

Se você não utiliza meios eletrônicos para fazer essa cobrança ou ainda, não faz a consulta junto aos órgãos de restrição de crédito é bem provável que você esteja mais suscetível a ter prejuízos com a inadimplência.

Para evitá-los o melhor caminho a seguir está em oferecer opções seguras de pagamento para seus clientes. Entre elas você pode optar pelo boleto bancário e a maquininha de cartão para débito e crédito. Utilizando esses meios você garante o recebimento do seu dinheiro e reduz consideravelmente a sua preocupação, mantendo-se longe dos problemas.

Como você viu, são vários os pontos que pedem a sua atenção na hora de cobrar clientes inadimplentes. Mas isso não é um problema para quem tem PagueVeloz. Para enfrentar esses desafios da melhor forma você pode utilizar todas as funcionalidades que a nossa solução de pagamento oferece. Que tal agora?